Reflexões

Diga Bom dia de coração

Você já parou para observar o teu Bom dia diário? No seu e no dos outros. A educação e a rotina muitas vezes nos deixam no modo automático. Distribuímos Bom dia por aí a todo instante sem nem perceber. Algumas vezes apenas um “dia” curtinho. Outras um cumprimento murmurado. Um sorriso com os olhos, com a boca, com a cabeça. Mas quantas vezes com o coração?

Na correria da manhã nossa mente se perde em pensamentos preocupados, afoitos e acelerados. E nem percebe que deu mais um Bom dia. Na tranquilidade, deixamos nossa cabeça livre, leve e solta, sonhando longe de mais um Bom dia que passou. E assim todo dia vamos deixando a força do Bom dia se perder.

Um porteiro do meu prédio me fez despertar pra isso. Todo dia eu passava por ele que me dava aquele Bom dia feliz. Com vontade e sorriso largo. Passei a perceber que aquela energia recebida ajudava muito no meu dia. Eu ficava mais disposta e animada. E também sentia vontade de distruibuir alegres Bom dia. Aos poucos comecei a observar vários Bom dia na minha vida. O senhor que limpava a calçada da fábrica todos os dias, o simpático japonês que entregava panfleto, a recepcionista do prédio. E tantos outros. Conhecidos e desconhecidos que eu vejo quase todo dia.

A maneira como eles dão Bom dia é consciente, presente. Demonstra que eles estão ali no momento, atentos à você, te desejando um dia cheio de boas energias.

Esse deveria ser o verdadeiro motivo de se dizer Bom dia: mentalizar e vibrar coisas boas para o dia da outra pessoa. Então, a partir de agora vamos dizer um Bom dia que vem do coração, como se disséssemos: “Espero que você tenha um dia de muita paz e possa enfrentar suas dificuldades com tranquilidade, mesmo que existam obstáculos tentando te desequilibrar.”

Pense no teu Bom dia de hoje. Preste atenção no Bom dia de amanhã.
Não diga Bom dia por educação, diga um Bom dia de coração.

_______________________________________

Aquele Bom dia de muita luz para vocês!

Beijo

Carol

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.