Poesias

Sorrir, sorrindo

Trilha sugerida e que inspirou este post: Muitos choram, Rosa de Saron

tumblr_l9ei2z3j3a1qdeb8so1_500_large

 

Engana-se quem pensa, que só os suicidas desistem de viver. Tem tanta gente por aí que desistiu e nem se deu conta. Desistiu de se cuidar. Desistiu de se melhorar. Desistiu de ser feliz. Desistiu de sonhar. Desistiu de amar.

Os medos e a falta de fé invadiram sua alma. Sugaram o resto de alegria e esperança que ali ainda habitava. O piloto automático passou a lhe conduzir. A rotina, a vida corrida e a ganância se tornaram o único combustível para se arrastar pela vida. Os sonhos há muito deixaram de existir. O propósito de vida talvez nunca tenha existido. Os pensamentos negativos dominaram sua mente. Nada está bom. Nem mesmo quando está. O inferno encontrou morada permanente por lá.

A pessoa pode chamar o padre pra exorcizar, o pastor pro descarrego, o espírita pra desobsessão… Nada vai adiantar. Enquanto ela não se modificar. Enquanto ela for vítima da própria vida. Enquanto os outros forem sempre os culpados. Enquanto ela não parar de empurrar a vida com a barriga. Enquanto ela continuar olhando para os problemas, esperando a solução bater à porta. Enquanto ela não acreditar que tudo pode mudar.

Por isso, deixe a preguiça de lado, arregace as mangas, relembre seus sonhos e invente novos! Tire tudo da cabeça, do papel e da gaveta. Realize-os! Abandone aquela velha zona confortável. Crie coragem e coloque o pé naquela trilha que tem muitos altos e baixos. Mas também possui sempre bons e divertidos companheiros de viagem, belas paisagens e todos os dias em algum lugar um lindo pôr-do-sol. Aquele espetáculo da natureza que nos faz lembrar de agradecer até mesmo as dificuldades e dores de hoje. Aquele que anuncia que amanhã será um novo dia e você sempre terá a chance de repensar o roteiro da sua jornada.

Aos poucos, você voltará a viver. E o céu voltará para dentro de você. E quando se der conta, estará lá em sua longa e cansativa caminhada a sorrir, sorrindo!

sorriso

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.